Empréstimo pessoal com cheque

Veja como é fácil realizar um empréstimo pessoal com cheque.

Empréstimo pessoal com cheque (Foto: Divulgação/Google/Imagens)
Empréstimo pessoal com cheque (Foto: Divulgação/Google/Imagens)

O empréstimo pessoal é um contrato que a pessoa realiza com uma instituição financeira para receber uma quantia em dinheiro que deverá ser devolvida ao banco em prazo determinado, acrescentando taxas, juros e encargos.  

Em alguns casos, não é necessário informar o motivo do empréstimo.

De maneira geral, o empréstimo pessoa pode ser visto como uma forma de conseguir dinheiro rápida, em grande quantidade, para pagá-lo aos poucos.

Mas, no fim, você acaba pagando mais do que pegou emprestado. É dessa forma que as instituições financeiras lucram.

Essas instituições financeiras não são obrigadas a conceder empréstimos para todos, por isso, elas estabelecem critérios próprios para quem deseja realizar o empréstimo pessoal.

Com isso fica mais fácil para evitar problemas.

Existem limites para as taxas de juros cobradas pelas instituições.

No entanto, as normas do Conselho Monetário Nacional (CMN) garantem ao cliente o direito ao pagamento antecipado do empréstimo, com redução proporcional dos juros.

As condições para essa antecipação devem ser informadas antes da assinatura do contrato.

Agora que você já sabe exatamente o que é um empréstimo pessoal, está na hora de falar sobre o empréstimo pessoal com cheque, que é uma modalidade diferenciada de empréstimo que facilita muito essa operação.

Além disso, vamos falar também sobre as taxas desse tipo de contrato.

O Empréstimo Pessoal Com Cheque

O empréstimo pessoal com cheque é uma modalidade de empréstimo diferenciada, que tem como objetivo garantir mais segurança para a instituição financeira, para que receba os valores emprestados novamente, evitando a inadimplência.

Além disso, essa modalidade de empréstimo pode fazer com que o mesmo seja aprovado com mais facilidade, afinal, quem pega o dinheiro emprestado deixa uma garantia de que irá realmente pagar a dívida.

O empréstimo com cheque ocorre quando a pessoa decide fazer um empréstimo e deixa alguns cheques caução para pagar as dívidas das primeiras parcelas, deixando claro a sua intenção de pagar o montante.

Em muitos casos, o cheque é solicitado para impedir que ocorra problema na hora de pagar a dívida.

Além disso, pessoas que estão com dívidas ativas (o famoso “nome sujo”) também podem pedir empréstimos com cheque.

Pode-se dizer que o empréstimo pessoal com cheque ocorra da seguinte maneira: o cliente preenche o cheque com a data de pagamento de cada parcela e os entrega diretamente na instituição financeira.

A liberação do valor é feita no prazo máximo de 24 horas e o cliente tem em média de 45 a 60 dias para efetuar o pagamento da primeira parcela.

 

Portanto, o valor do empréstimo só é liberado quando o cheque é descontado.

Assim, a instituição financeira acaba tendo muito mais segurança na hora de realizar o empréstimo.

Geralmente, a parcela do empréstimo é mais baixa, por isso os valores do empréstimo também são liberados aos poucos.

As principais exigências para fazer o empréstimo pessoal com cheque

Cada banco ou instituição financeira acaba estipulando as suas próprias exigências para liberar o crédito pessoal com cheque e até mesmos os encargos, taxas e juros.

Mas, na maioria das vezes, essas exigências são muito similares.

Assim, para será necessário preencher alguns requisitos, como por exemplo: ter uma conta corrente ativa há pelo menos 6 meses.

Ter realizado algumas movimentações recentes, não ter dívidas anteriores com a instituição financeira.

Se a pessoa estiver com o “nome sujo” ela também terá direito a realizar o empréstimo, porém, será preciso apresentar um cheque de alguém com o nome limpo e CPF regular, pois, este será seu fiador.

Para isso, contate uma pessoa confiável, pois estes cheques serão sua garantia de pagamento ao banco.

Geralmente, no momento da contratação de um empréstimo, os bancos e instituições financeiras devem informar o Custo Efetivo Total (CET).

Ou seja, o custo total do empréstimo para o consumidor, por meio de uma taxa anual única que inclui todos os encargos e despesas da operação, como taxa de juros, tarifas, tributos, seguros e outras despesas cobradas do cliente fazem parte dessa conta.

Não se assuste caso o montante que você tenha que pagar seja muito mais alto do que a quantidade de dinheiro que você pegou emprestado.

É assim que os empréstimos geralmente funcionam com as instituições financeiras.

Como solicitar o empréstimo pessoal com cheque

A maioria das instituições realiza esse tipo de operação, portanto, você pode ir em qualquer banco e perguntar a respeito desse tipo de empréstimo.

Porém, como as taxas são diferenciadas, vale a pena pesquisar um pouco a respeito de cada uma delas.

Para te ajudar a poupar tempo e dinheiro, adiantamos e separamos para você algumas taxas que os bancos que oferecem. Confira:

  • Caixa Econômica Federal: Taxa de 3,50%

  • Banco do Brasil: Taxa de 3,78%

  • Santander: Taxa de 4,33%

  • HSBC: Taxa de 4,69%

  • Itaú: Taxa de 4,78%

  • Bradesco: Taxa de 5,42%

De maneira geral, com as nossas pesquisas, foi possível perceber que o banco Caixa Econômica Federal é o que cobra menos taxas, fazendo com que seja uma opção interessante para quem deseja fazer o empréstimo pessoal com cheque.

Porém, é muito importante que você faça a sua pesquisa e veja se o seu banco pode melhorar esses números, assim, você acaba pagando menos e conseguindo um bom negócio.

Em longo prazo, pode ser que valha muito a pena.

Agora que você já conhece um pouco mais a respeito do empréstimo pessoal com cheque, você já sabe que há uma maneira diferenciada de pedir o seu crédito pessoal.

Mas nunca se esqueça de deixar as suas contas em dia.

Link para fazer empréstimos:

https://www.lendico.com.br/

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: todos os direitos reservados!!