Os principais erros das empresas ao cuidar da imagem online

Com o estreitamento das relações entre empresas e consumidores na internet aumenta a importância de se investir no Marketing para a construção da imagem online. É sobre erros que podem atingir a reputação do seu negócio que trataremos nesse post.

Os principais erros das empresas ao cuidar da imagem online (As imagens exibidas na Flash Brazil são fornecidas e pertecem a terceiros)

Empresas: O sucesso de uma empresa no ambiente virtual depende de muita coisa, principalmente da sua reputação junto a usuários e comunidade em geral.

As ações de uma marca são constantemente avaliadas pelo público, o qual não se restringe a seus clientes atuais, mas abrange os antigos, seus concorrentes e até pessoas com as quais ela não se relaciona.

Logo, é necessário que o trabalho de construção de sua imagem seja feito aos cotidianamente, e os envolvidos precisam ser meticulosos, pois erros na sua estratégia de marketing podem comprometer o prestígio do negócio.

Pensando nisso, trouxemos aqui alguns dos menores erros ao na estratégia de branding.

Pagar para falarem bem da marca

Têm se tornado prática comum empresas pagarem para que influenciadores falem bem de seus produtos ou serviços.

Não se considera uma conduta ética, pois acabam por iludir potenciais consumidores quanto às reais experiências dos usuários e pode levar o consumidor ao erro.

Essa prática acaba por levar muitos clientes ao erro.

Outra conduta praticada por outras empresas similar a essa é pagar para falarem mal dos seus concorrentes.

Esse comportamento já rendeu companhia multa, em alguns países.

Usar piadistas e haters

Opiniões ou comportamentos do público realizados em canais das empresas, principalmente em mídias sociais, devem exigir um posicionamento, principalmente em assuntos polêmicos.

Esses são alguns dos exemplos do encorajamento de piadistas ou haters em suas mídias sociais.

Fomentar ou se omitir diante discursos de ódio, comentários ofensivos contra pessoas que não gostam de seus produtos ou serviços, ou encorajamento de injúrias pode comprometer a imagem da sua marca na rede.

Em vez desse tipo de postura você pode usar o marketing de guerrilha.

Ser mal-educada com os clientes

É óbvio que existem vários tipos de clientes, e dentre eles aqueles mais difíceis de se lidar, mas isso não pode ser usado como desculpa para se prestar um mal atendimento ou se realizar uma abordagem mal-educada.

Haver problemas no uso de produtos ou durante a prestação de serviços pode ser comum, mas não se comprometer em resolver esse tipo de problema pode arruinar a credibilidade de uma marca.

Dessa maneira, acatar sugestões e reclamações e atender a pedidos deve ser preocupação de toda empresa que zela por sua imagem.

Lidar com críticas da maneira errada

Muitos clientes diante de problemas com o uso do produto o com a prestação do serviço, ou seja, ao receberem críticas, demonstram reação excessiva e perdem a compostura e fazem críticas que podem soar como ofensivas.

Nesse contexto, é importante que se tenha desenvoltura para se lidar com esse tipo de situação e não prejudicar a imagem da empresa no mercado, fazendo que sua reputação fique manchada.

É bom lembrar que atitudes desmedidas podem tomar uma proporção muito grande na rede, haja vista que o acesso à maioria do conteúdo está aberto para um grande número de pessoas.

Fornecer informações erradas sobre seus serviços

Na ânsia por maiores faturamentos e alcançar novos mercados muitos podem se ver tentados a extrapolarem os atributos dos seus produtos.

Isso pode gerar uma falsa expectativa no consumidor, o resultado ser a frustração e a imagem de sua empresa acabar comprometida, tendo como resultado o efeito inverso do desejado.

Lembre-se que a mentiras facilmente são descobertas, principalmente

Ser desleixada na sua comunicação visual

Um site bonito, responsivo, intuitivo, rico em conteúdo e com um design de acordo com a área de atuação da empresa pode fazer toda a diferença para o seu negócio.

Ele garante destaque em um meio em que todos estão brigando pela atenção dos usuários: a internet.

Uma boa comunicação visual vai além de cores e traços chamativos, mas de um leiaute de acordo com o perfil da empresa.

Não investir em planejamento de conteúdo

Podemos dizer que todas as empresas trabalham com conteúdo, mesmo que não lidem diretamente com ele.

Há pouco tempo, ele era abordado de maneira muito institucionalizada, eram raras aquelas que se colocavam em uma situação mais próxima de seus clientes, que buscavam conhecer sua linguagem para realizar uma relação mais sincrônica.

De alguns tempos para cá está cada vez mais nítida a importância do conteúdo para se alcançar nichos específicos do negócio.

Elaborar uma estratégia de conteúdo não deve ser tido mais como mero protocolo. É uma das estratégias de marketing mais eficientes para aqueles que buscam um contato mais próximo com seus clientes e a expansão dos seus negócios.

Não monitorar seus resultados

Não adianta apenas realizar ações, é necessário traçar metas e verificar se elas foram efetivamente alcançadas.

Vendas, atendimento e marketing são áreas diretamente envolvidas com o faturamento da empresa, por isso deve ser periodicamente acompanhada.

Um bom monitoramento dá mais eficiência aos processos e fortalece sua marca.

Cuidar da imagem online de qualquer empresa não é tarefa fácil, mas é algo que tem de ser feito se o objetivo do gestor é o sucesso de seu empreendimento.

Além desses anteriormente citados, existem também vários outros que devem ser objeto de atenção, como pensar nas ações no médio e curto prazos e não se preocupar apenas com a promoção de produtos quando desenvolver estratégias de marketing.

Lembre-se que planejamento e controle são palavras que devem estar presentes em todas as áreas do seu negócio, e erros cometidos no mundo virtual podem comprometer a imagem do seu negócio não apenas na rede.

O que você tem feito para melhorar a imagem da sua empresa online? Deixe sua experiência nos comentários.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: todos os direitos reservados!!