Sintomas da Gravidez – Confira como saber se está grávida

A gravidez é um momento muito aguardado pelas mulheres, pelo menos na maioria das vezes. Este período provoca grandes mudanças no corpo e no comportamento.

Sintomas da Gravidez – Confira como saber se está grávida (As imagens exibidas na Flash Brazil são fornecidas e pertencem a terceiros)

Gravidez: Descobrir a gravidez quando aguardada é motivo de alegria, porém se for inesperada a mulher será surpreendida. Às vezes, pela falta de atenção, a gestação só é percebida após os primeiros meses.

Sintomas

Para evitar que você seja surpreendida com uma gravidez de um, dois ou até mesmo três meses, listamos alguns sintomas que comprovam a gestação. Já ressaltamos que mesmo que apresente eles, o ideal é que procure um médico para confirmar a situação.

É possível notar alguns dos sintomas da gravidez logo nas primeiras semanas. Muitas vezes sutis, eles envolvem a parte física e emocional, afetando principalmente os hormônios.

Fome

Sensação de fome repentina e com frequência constante pode ser um sinal de gravidez, ainda mais se você tiver hábitos alimentares regulares. Possivelmente ela aparecerá em momentos diferentes, como de madrugada, com uma sensação de “buraco” que precisa ser preenchido.

Seios

Notar alterações no seio também pode significar gravidez. Se a pele da aréola em torno do mamilo estiver em tom mais escuro pode ser um sintoma ou um sinal de desequilíbrio hormonal.

Se você notar ainda que as veias de seus seios, mãos e pés estão mais evidentes pode ser que seja gravidez. Para ter certeza verifique se há mais algum sintoma desta lista em sua rotina.

Além disso, seus seios podem ficar mais doloridos, assim como acontece no início da menstruação. Os mamilos também começarão a ficar mais sensíveis, até seu organismo acostumar com os níveis de hormônio.

Também será possível notar o aumento das mamas logo a partir da segunda semana de gestação.

Sangramento

Cerca de oito dias após a ovulação, a grávida pode ter pequenos sangramentos vaginais, como se fosse o início de uma menstruação. Cólicas mais leves também podem ser sentidas.

Isso acontece porque o zigoto (óvulo fertilizado) está alojado no endométrio, camada de sangue que reveste o útero e que é eliminada durante a menstruação.

Algumas vezes quando o sangramento acontece as mulheres acreditam que estão menstruando, mas na verdade é um sinal de seu corpo indicando que você será mãe.

Xixi

Ir ao banheiro será uma ação mais frequente em sua vida. O embrião implantado começa a produzir o hormônio gonadotrofina coriônica humana, o hCG, aumentando a vontade de fazer xixi.

Outro motivo é o crescimento do útero que diminui o espaço reservado para a bexiga, precisando que ela seja esvaziada em um período de tempo menor que o habitual.

Dores

Possivelmente você sentirá uma dor constante na lombar, que não te abandonará nem com massagens ou descanso. Isso pode ser um alerta do seu corpo avisando que tem um novo morador em seu útero.

Sono

Devido à alta concentração de progesterona no organismo da grávida, é possível que ela fique mais exausta e cansada durante todo o dia. Ele pode ser considerado um sintoma de gravidez caso esteja associado a outro item de nossa lista.

Humor

Por afetar o sono é possível que a mulher sinta grandes alterações de humor. Assim como no período da TPM (tensão pré-menstrual), ela estará mais sensível e com as emoções mais aguçadas.

Pele

Sua pele também sofrerá com os sintomas da possível gravidez. Durante a gestão a epiderme ficará mais oleosa, desta forma, logo nas primeiras semanas será possível ver um aumento de espinhas e cravos no rosto da mulher.

Paladar

As comidas não terão mais o mesmo sabor durante a gravidez. Você começará a sentir um gosto metálico na boca e talvez nem suportará mais o sabor do café ou de outro alimento que esteja em sua rotina.

Alguns cheiros também ficarão mais fortes e sua sensibilidade olfativa ficará mais aguçada. Você poderá incomodar-se com uma frequência maior com alguns odores.

Intestino

Devido ao alto índice de progesterona no organismo da mulher, o tecido do corpo fica mais frouxo, permitindo a expansão do útero sem causar danos. Por conta disso o funcionamento do intestino é prejudicado.

O intestino tem sua capacidade de contração reduzida, promovendo um trânsito intestinal irregular, podendo ainda provocar a prisão de ventre.

Enjoos

Eles são clássicos durante o período da gravidez. Em geral eles aparecer nas primeiras semanas após a concepção, porém há algumas mulheres que não vão sentir nenhuma náusea durante o período.

Os enjoos serão frequentes em qualquer período do dia, especialmente quando ficar por longos períodos com o estômago vazio.

Atraso menstrual

Atrasos na menstruação são os maiores sinais de gravidez. Muitas vezes eles são responsáveis por detectar a presença de uma nova vida.

Em geral a presença dele acaba despertando curiosidade e leva a mulher a realizar exames para descobrir que se está ou não grávida.

Porém, é possível que o atraso não esteja ligado a presença de um feto. Algumas mulheres sofrem de desequilíbrio hormonal, que podem provocar estas situações.

Possibilidades

Algumas situações deixam a mulher mais vulnerável para a gravidez. Entre elas podemos citar:

  • Relações sexuais sem uso de preservativo;
  • Rompimento da camisinha durante a relação sexual;
  • Esquecer de tomar o anticoncepcional ou pílula do dia seguinte em período fértil;
  • A pílula do dia seguinte foi tomada depois de setenta e duras horas do ato sexual;

Faça um teste

Mesmo que esteja sentindo todos esses sintomas, anuncie a gravidez após ela ser confirmada com um teste. Você pode optar por diversos métodos para descobrir se é verdade ou não suas suspeitas.

Há testes naturais que podem ser realizados em casa, em geral com chás e produtos de limpeza, porém seus resultados não têm garantia médica.

Também há a opção dos testes de farmácia, indicados para acabar rapidamente com a curiosidade da mulher.

O ideal é que procure um médico e faça um exame de sangue. Ele é o meio mais eficaz e garantido para confirmar sua gravidez ou não. Aliás, caso seja positivo, é necessário um acompanhamento médico neste período.

Ansiedade

Não perca mais tempo e acabe agora mesmo com a sua dúvida, procure um médico, realize um exame de sangue e descubra se está ou não esperando um filho ou filha.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: todos os direitos reservados!!