Nova CNH Digital

Agora o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), aprovou, mais precisamente na última terça-feira dia 25 de julho, a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), que poderá ser acessada por meio de aplicativo no smartphone.

Nova CNH Digital (Foto:Divulgação/Google)

No dia 25 de julho de 2017, foi aprovada pelo Ministério da Cidades a emissão da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e). O novo documento possui o mesmo valor da versão impressa tradicional, no entanto, há a chance de ser apresentada por meio de aplicativo em smartphones. Antes da aprovação da emissão eletrônica, ocorreu uma reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para definir o tema, que entra em vigor no mês de fevereiro de 2018.

O formato digital da nova CNH possuirá validade através de assinatura com certificado digital do emissor ou com a leitura do QRCode.

Para a identificação por parte dos agentes de trânsito, eles terão acesso a consulta da situação do veículo e do condutor no aplicativo, mas este ainda está na fase de testes.
É bom lembrar que a nova CNH não tirará a validade da versão impressa, que continua valendo normalmente.

Mas o valor das duas será exatamente o mesmo. A diferença reside na praticidade ao usuário, o próprio Ministro das Cidades:

“Estamos dando um passo à frente, desburocratizando o processo. Há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento. Com isso, quem esquece a CNH em casa, não estará sujeito à multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital”, destaca o ministro das Cidades, Bruno Araújo, autor da proposta.

Quando ela passar a valer, caberá ao motorista apresentar o documento de porte obrigatório no formato digital com a exigência de comprovação por meio da assinatura com certificado digital do emissor ou com a leitura do QRCode, ou seja, não basta apresentar uma foto com documento na tela do celular.

Essa será a forma dos agentes de trânsito para consultar a validade e a autenticidade do documento digital de CNH.

“Não medimos esforços para atender da melhor forma possível o cidadão, que está a cada dia mais conectado. A sociedade mudou e nós temos que acompanhar e facilitar os meios de identificação”, concluiu Bruno Araújo.

Como fazer para cadastrar a CNH-e

Para os que já querem garantir a nova CNH digital para o ano de 2018, basta entrar e se cadastrar no Portal de Serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), por meio de um aparelho que permita o uso de certificado digital.

Em seguida, seu cadastro será ativado por meio de um link enviado ao e-mail do portador que deverá ser ativado também para finalizar o processo. O motorista deverá realizar o login pelo aparelho que deseja ter sua CNH digital.

A primeira vez no sistema será um pouco diferente, por conta da necessidade de criar um PIN para armazenar os documentos com segurança, exatamente como ocorre nos aparelhos celulares. Será por meio deste PIN que você e os agentes terão acesso às informações guardadas.

A autenticidade dos dados será verificada por meio da assinatura digital do Denatran.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: todos os direitos reservados!!