Dieta da Fabíola Gadelha

Fabíola Gadelha, apresentadora do programa Cidade Alerta da TV Record, surpreendeu a todos quando realizou uma dieta que a permitiu perder 25 quilos em apenas 3 meses! Um período muito curto para perder o que muita gente não consegue em um ano. Mas como ela conseguiu?


Dieta da Fabíola Gadelha (Foto: Divulgação/Google)

QUER PERDER PESO IGUAL A FABÍOLA GADELHA CLIQUE AQUI.
https://go.hotmart.com/I6088131Q?ap=390c

Emagrecer não é tarefa fácil para ninguém, mas muitas vezes eliminar os quilinhos extras torna-se fundamental para prevenir problemas graves de saúde no futuro. Fabíola Gadelha, também conhecida como Rabo de Arraia, apresentadora do programa Cidade Alerta da TV Record, sempre teve um problema com a balança, mas nunca ligou muito para o assunto, que nunca afetou sua autoestima.

Mas o fato é que a coisa piorou bastante depois que ela começou a apresentar o noticiário mais famoso do canal.
Embora nunca tenha incomodado a apresentadora, as medidas que atingiam a casa dos 105 quilos, 30 deles ganhos depois que passou a comandar o Cidade Alerta, peso ao qual, apesar da tranquilidade de Gadelha sobre seu sobrepeso, ela não podia mais ignorar essa situação, por conta de possíveis riscos à sua saúde, e seus médicos recomendaram a perda imediata de peso.

O resultado? 25 quilos perdidos em apenas 3 meses. Mas como ela conseguiu?

A dieta feita por Fabíola Gadelha

Conforme a própria apresentadora ressaltou, a perda de peso foi uma questão de saúde, e não estética:
“Eu tive que eliminar 25 kg por uma questão de saúde e não por estética. Sei que nunca vou ser sequinha e magrinha, mesmo se eu emagrecer 100 kg, porque tenho a estrutura larga. Como vou continuar gordinha, me aceito do jeito que sou. Gosto de ser uma mulher larga “.

Ao vir para São Paulo, caiu no problema de muitos na capital paulista, muito trabalho e pouca atividade física, aumentando muito seu peso e ligando o sinal de alerta.

A nova forma de Gadelha não veio por meio de cirurgia bariátrica, mas sim por reeducação alimentar.
Ajudada pela especialista em nutricionismo e saúde ortomolecular, Luciane Santos do Carmo, ela iniciou a dieta comendo apenas 1.200 calorias diárias, mais várias alterações no cardápio a cada sete dias.

Em apenas uma semana, o glúten estava fora do prato. Na outra, a lactose. Ou seja, a cada ciclo um tipo de alimento entrava ou saía de suas refeições.

Parte da dieta também foi feita com carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata-doce e mandioca.

Cardápio da dieta

  • Café da manhã: 1 tapioca (fina e média) com recheio de ovos mexidos ou manteiga, ½ mamão e ½ xícara (chá) de café com leite integral
  • Almoço: Salada à vontade, 1 concha de feijão, 3 colheres (sopa) de arroz, “bastante” proteína (carne vermelha, frango ou peixe).
  • Lanche 1: Banana com canela, gelatina, bolo de macaxeira, milho ou laranja. Ainda tem a opção de repetir o café da manhã.
  • Lanche 2: Repete o lanche 1.
  • Jantar/Ceia: Omelete, sopa ou só proteína. “Fora, como japonês. Nos eventos, como o que tiver, mesmo que seja gorduroso, mas pouco”, diz.

É importante lembrar que este cardápio foi feito pensando na situação de Gadelha, mas que cada caso exige um cardápio próprio para alcançar resultados mais satisfatórios, embora vários desses alimentos caiam bem na mesa de qualquer pessoa que deseja uma vida mais saudável e com menos quilos na balança.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.