Efeito do Energético em nosso corpo

Antes de consumir alguma bebida devemos ter o máximo de cuidado e se possível pesquisar quais são os efeitos dela no nosso corpo. Os energéticos estão em alta no mercado, mas devemos ter cuidado com eles.

Efeito do Energético em nosso corpo. (As imagens exibidas na Flash Brazil são fornecidas e pertencem a terceiros)

O que é um energético?

São bebidas não alcoólicas que fornecem energia para o corpo humano através da taurina.

O consumo de energético e bebidas alcoólicas junto não é recomendado pois o energético vai da a sensação que a pessoa pode consumir mais e que estar sóbria, além do mais a cafeína contida nesses produtos acelera a morte de células cerebrais.

Temos a depressão do álcool, mascarando seus sintomas, e a potencialização da cafeína. Além disso, a pessoa ingere a mistura e dificilmente se alimenta, levando a casos de desidratação e hipoglicemia. Tem gente que chega a desmaiar.

Porem alguns estudos recentes estão mostrando o quanto essa bebida pode ser perigosa. Muitas pessoas estão indo parar no hospital depois de consumir energético. Acredite se quiser mais essas pessoas estavam consumindo a bebida pura, sem álcool e droga. Apenas o energético.

Como podemos observa ele não faz bem à saúde podendo ser prejudicial de varias formas. Então vou mostra o que acontece quando consumimos energético.

  • Coração em perigo:

    Quando consumimos essas bebidas o coração e estimulado a produzir adrenalina e noradrenalina. Essa combinação é perigosa pois faz com que o coração bata mais rápido provocando arritmia e podendo causar derrame ou infarto.

    • Gastrite:

Tanto a cafeína quando os outros hormônios que são soutos na corrente sanguínea depois de consumir energético pode provocar ou agravar a gastrite.

    • Contrações musculares:

Podem ser desencadeadas depois que os hormônios adrenalina e noradrenalina vão para a corrente sanguínea, causando contrações involuntárias dos músculos. 

    • Fasciculação:

Os níveis de estimulantes correndo pela circulação fazem os olhos tremerem.

    • Erosão dentaria:

O PH baixo dos energéticos causa um desequilíbrio bucal, causando o desgaste do esmalte dentário.

Ressaltando que crianças não devem consumir energéticos porque são muitos frágeis aos estímulos. E seu sistema cardiovascular ainda está em desenvolvimento.

Você não estar sentido disposição para trabalhar ou ir pra faculdade. Então recorrer ao uso de energético, não faça isso. Antes de recorrer aos energéticos para encontrar o vigor perdido, que tal se questionar a quantas andam seu sono, sua dieta e a frequência na academia?

É que os três fatores, quando levados a sério, fornecem a energia necessária para você aguentar o corre-corre. É podem ser encontradas de forma natural nos alimentos saudáveis.

Juntamente com a alimentação vem as atividades físicas. É praticamente impossível que uma pessoa tenha boa disposição sendo inativa, ou seja, busque imediatamente uma modalidade que te chame atenção e comece a se exercitar regularmente.

Lembrando também que essas bebidas possuem cafeína na sua composição e seu consumo excessivo interfere diretamente no sistema nervoso central, podendo causar desidratação acelerada e perda de nutrientes que são solúveis em água.

Vários destes nutrientes são responsáveis por oferecer um efeito calmante ao sistema nervoso.

Estas condições apresentadas são responsáveis por causar agitação. Problemas de sono e se o consumo persistir por um longo período, a pessoa tende a desenvolver ansiedade crônica.

Cada latinha de energético equivale a cerca de três xícaras de café. Bebida que também é rica na substância. Por isso, o ideal é que a pessoa consuma, no máximo, uma lata e meia por dia, porque cafeína em excesso pode intoxicar o organismo, levando a náuseas, taquicardia, tremores, insônia e irritabilidade.

Efeito do Energético em nosso corpo

Os efeitos variam de acordo com a dose ingerida e a sensibilidade de cada um. A quantidade que deixa o jovem eufórico, para um idoso hipertenso pode levar ao aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial, com maior risco de morte.

Lembrando também que os energéticos podem engodar. Se você é uma pessoa sedentária que não pratica exercícios físicos com frequência, o consumo do energético pode te engordar, pois eles possuem alta concentração de açúcar e carboidratos.

Se estes não forem utilizados para repor energia, farão com que você ganhe peso extra.

Vale ressaltar também que embora não viciem, energéticos dão falsa sensação de força e poder. O que faz com que as pessoas tenham tendência maior a assumir comportamentos de risco, como usar drogas e dirigir embriagado.

Estudos revelam que aqueles que bebem estes estimulantes com cafeína frequentemente possuem menores níveis de serotonina, substância que gera a sensação de bem-estar. A privação deste hormônio leva à mau humor, ansiedade e depressão.

Energéticos fazem seu organismo reagir como se estivesse em uma situação "perigosa", fazendo com que os órgãos trabalhem mais do que o normal. Seu coração, fígado, cérebro, trato digestivo e rins ficam "exaustos" sem motivo.

A tendência, ao consumir energéticos em um dia. É dormir muito mal naquela noite e ir atrás de energéticos no dia seguinte, para se manter acordada novamente. Corte de uma vez por todas este ciclo que só te traz malefícios.

Você certamente ficaria chocada com a quantidade de químicos (muitas vezes tóxicos) que os energéticos possuem para fazer a bebida ficar aceitável e ao seu gosto. Há muitas opções de químicos para os fabricantes, e a maioria deles causa enxaqueca, mau humor, tontura, agressividade, hiperatividade.

Muitas pessoas são sensíveis aos componentes das bebidas energéticas e podem ter reações alérgicas como: erupções e vermelhidões na pele, inchaço da boca, olhos e lábios, vômito, entre outros.

Portanto tenha o máximo de cuidado em relação a essas bebidas, se possível evite o consumo dela para manter sua saúde em dia.

você pode gostar também Mais do autor

Conte para nós, o que achou?

Seu endereço de email não será publicado.

error: todos os direitos reservados!!