Tudo sobre Sibutramina

Sibutramina Emagrece? - Confira tudo sobre o assunto (As imagens exibidas na Flash Brazil são fornecidas e pertencem a terceiros)

Sibutramina Emagrece: Um desses exemplos é a sibutramina. Ela é um medicamento voltado para o tratamento da obesidade, aumentando rapidamente a sensação de saciedade. Desta forma, o paciente não sente mais a necessidade de ingerir alimentos a todo o momento, auxiliando a perda de peso.

Casos de pessoas que possuem o costume de comer compulsivamente podem ser amenizados com seu uso, devido seu maior benefício ser propiciar a sensação de saciedade ao longo do dia.

Apenas com o uso da sibutramina os resultados desejados não serão alcançados. Porém, aliar seu uso a dieta e exercício físico indicados por profissionais especializados podem render uma perca de cinco quilos entre dois e três meses.

Medicamento (Sibutramina)

Vendido na forma de cápsulas, o medicamento pode ser encontrado em farmácias de todo o país. O nome comercial pode ser Reductil, Biomag, Nolipo, Plenty ou Sibus. Há mais algumas variações da sibutramina. Vale ressaltar que é necessário a apresentação da receita médica.

Inicialmente a sibutramina era utilizada como antidepressivo, atuando especialmente no sistema nervoso central, diretamente em dois neurotransmissores: a serotonina e a noradrenalina.

A serotonina atua no cérebro e regula o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor, movimentos e as funções do intelecto. Já a noradrenalina é um precursor da adrenalina.

Quando os médicos notaram a nova função da sibutramina em relação ao emagrecimento já começaram a adotar o novo uso, que de forma muito rápida gerava ótimos resultados no quesito emagrecimento.

Os efeitos do uso contínuo do remédio começam a ser visíveis após 15 dias. O médico responsável por indicar o medicamento pode também escolher sua forma genérica, o Cloridrato de Sibutramina.

Compra (Sibutramina)

Em farmácias o medicamento varia entre R$ 25 e R$ 60, dependendo da marca escolhida e da quantia necessária. Quanto mais cápsulas possuir o remédio escolhido, maior será o preço.

Para conseguir adquiri a sibutramina é necessária uma receita médica após uma avaliação. O profissional da saúde deve levar em consideração o ritmo de vida, o quadro de saúde e o Índice de Massa Corporal. Não faça uso do medicamento sem a prescrição médica, porque há casos que os efeitos colaterais podem ser faltais.

A validade da sibutramina é de apenas 60 dias, portanto apenas compre o produto se estiver realmente com o corpo preparado para o uso.

Uso (Sibutramina)

Indicada para tratamento da obesidade, a sibutramina traz benefícios para casos de IMC (Índice de Massa Corporal) superior a 30 mg/m². Além disso, pessoas com excesso de peso e com o índice superior a 27 mg/² e que enquadram fatores de risco como diabetes, hipertensão ou colesterol alto também podem fazer uso do medicamento.

O uso não é recomendado para pessoas menores de 16 anos ou com mais de 60, visto que os organismos atuam de forma diferentes. Nestes casos é interessante que o médico busque e indique outro tratamento para a perda de peso.

A dose diária do medicamento é definida em prescrição médica, mas geralmente o recomendado é uma cápsula de 15 mg. Normalmente a ingestão é feita pela manhã, em jejum. Porém, em caso de esquecimento, pode ser tomada em qualquer horário.

Por ser um inibidor da receptação da serotonina e noradrenalina, o seu uso excessivo é perigoso, aumentando o risco de doenças cardíacas. Seu benefício emagrecedor não compensará se a utilização não for correta.

É necessário estar atento aos efeitos da Sibutramina no corpo. Se não houver perda de peso de pelo menos dois quilos durante as quatro primeiras semanas de tratamento procure o médico para uma reavaliação. Há casos que a dose diária deve ser maior.

Você poderá fazer uso do medicamente durante dois anos apenas. Caso já tenha utilizado a sibutramina é necessário interromper o tratamento para que seus efeitos não sejam permanentes e atrapalhem o funcionamento do organismo.

Positivos (Sibutramina)

Não há sombras de dúvidas que a sibutramina auxilia no processo da perca de peso. O medicamento atua na inibição do apetite e faz você perder aquela incessante vontade de comer besteiras.

Além disso o medicamento acelera o metabolismo, auxiliando na queima de calorias e consequentemente na perda de peso.

Outro de seus pontos positivos está em ser um medicamento referenciado na literatura científica, o que garante que foram realizadas pesquisas e estudos para verificar os benefícios que o uso correto promove ao corpo.

Colaterais (Sibutramina)

Assim como todo medicamento a Sibutramina possui efeitos colaterais. São eles: aumento do batimento cardíaco; náuseas e tonturas; insônia; dores musculares; dor no peito; falta de apetite sexual; sudorese; alterações visuais; aumento da pressão arterial; dor de estômago; secura da boca; prisão de ventre; delírios e dor de cabeça.

Não é por conter efeitos colaterais que necessariamente você sentirá algum desses sintomas. Geralmente são mais frequentes nas quatro primeiras semanas. Diminuindo a frequência e gravidade ao longo dos dias.

Consumir erroneamente ou em excesso são os principais fatores que podem levar a sibutramina a fazer mal para o corpo. Por isso é necessário alguns cuidados para que o uso não prejudique a saúde.

Evite

Alguns fatores proíbem o uso da Sibutramina. Ela é contraindicada em casos de doenças cardíacas, distúrbios alimentares como anorexia ou bulimia. Durante a gestação e amamentação, derrame, cálculos nas vias biliares e patologias hepáticas severas.

Pessoas que fazem uso de outros medicamentos como supressores de apetite, antidepressivos. Antitussígenos ou descongestionantes nasais também devem evitar o uso do remédio. Nestes casos ele pode causar reações alérgicas.

Ao consultar o médico ou nutricionista para verificar a possibilidade do uso da sibutramina é necessário informar problemas de saúde como pressão alta, doenças cardíacas, epilepsia ou glaucoma.

Mexa-se

Vale lembrar que os efeitos positivos da sibutramina são potencializados quando o usuário associa seu uso com a prática de exercícios físicos e uma alimentação balanceada. Procure um médico ou nutricionista e construa uma vida melhor.

Vídeo

Confira a lista de todos os efeitos colaterais indicados pela bula:

  • Constipação;
  • Boca Seca;
  • Insônia;
  • Taquicardia;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Náuseas;
  • Palpitações;
  • Vasodilatação;
  • Delírios ou tonturas;
  • Piora da hemorroida;
  • Parestesia;
  • Dores de cabeça;
  • Sudorese;
  • Ansiedade;
  • Alterações do paladar;
  • Cólicas menstruais intensas;
  • Diminuição do apetite sexual;
  • Falta de vontade de comer.

Bula oficial do remédio Sibutramina

você pode gostar também Mais do autor

Conte para nós, o que achou?

Seu endereço de email não será publicado.